About Me

My photo

Paulo José da Costa é livreiro e ex-funcionário do Banco do Brasil.   Considera-se um garimpador da memória, procurando nos sótãos e porões as fotos antigas, postais, cartas, diários com que alimenta sua paixão que tem foco no cotidiano.  Pesquisador de história da música e do cinema, postando raridades no youtube.  Mantém enorme acervo de cds, dvds, fitas, vinil, discos de rádio, 16 polegadas, 10 polegadas, compactos e o escambau. Ex-libris, filmes antigos, gravuras, affiches, cartas, jornais antigos, albuns de família, postais, a lista é grande. Sempre procurando mais. Tem quatro blogs e desenvolve projeto de livro sobre o cotidiano paranaense através das fotos de família entre 1870/1960. Mantém arquivo de memória paranaense e catarinense.

08 September 2014

PONTA GROSSA ERA ASSIM...

                      Minha terra estará completando 191 anos no próximo dia 15 de setembro.  Anseio pelo bicentenário, em 2023,  quero estar por lá na grande comemoração, quando a Princesa dos Campos festejar 200 anos. Enquanto não vem essa data linda, irei alimentando meu blog com fotografias de sua história. Hoje posto um florilégio de vistas dessa que é uma das cidades mais fotografadas do Paraná, por onde passaram viajantes, turistas, fotógrafos itinerantes, profissionais e amadores. A cidade nos últimos trinta anos tem sofrido transformação brutal, muitos de seus mais belos edifícios vindo abaixo por descuido daqueles que deveriam zelar pelo seu patrimônio arquitetônico. Apesar de continuar linda e charmosa, suas praças mais tranquilas, como a da estação, andaram perdendo um pouco de sua antiga beleza com o descontrole total na permissão de novas obras e comércio de rua. Lembro da catedral, inaugurada em 1902 e posta abaixo nos anos 70 para em seu lugar surgir algo feio, sem nenhuma identificação com a população e suas mais caras tradições. Quando se derruba um velho edifício cheio de histórias é a memória coletiva da urbe que vem abaixo. Não é só a cidade que fica mais pobre, é sua população.

A PACATA PONTA GROSSA DOS ANOS 50, O CONVÍVIO ENTRE AS CARROÇAS E O AUTOMÓVEL. À ESQUERDA A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. À DIREITA A PRAÇA JOÃO PESSOA. Essa é a praça da minha infância. Brinquei nessa região quando menino, entre 1959 e 1965.   


Ponta Grossa, início dos anos 50

A MESMA REGIÃO HOJE

fonte: wikipedia


Ponta Grossa, anos 50

UMA PANORÂMICA DA CIDADE LÁ DOS ALTOS DA SANTA CASA. ESSA VISTA É MUITO RECORRENTE E ENCONTRAMO-LA POR DIVERSAS ÉPOCAS DA CIDADE.  Como sempre é a catedral que aparece vistosa no alto da colina. À esquerda vê-se a chaminé da Cia Cervejaria Adriática, outro dos ícones da cidade que foram derrubados pela especulação imobiliária.    


O PARQUE INFANTIL EM FRENTE AO COLEGIO REGENTE FEIJÓ, NA PRAÇA BARÃO DO RIO BRANCO, ISSO LÁ POR 1935  

Ponta Grossa, lá por 1935


EU ERA UM PIÁ DE BOSTA QUANDO ESSA FOTO FOI BATIDA, POR VOLTA DE 1961. O EDIFÍCIO MARIETA, À DIREITA. O PRÉDIO AO CENTRO ERA A LOJA DE DEPARTAMENTOS HERMES MACEDO. Lá em cima aparece o Cine Ópera. Em baixo vemos a praça Barão do Rio Branco, com a concha acústica e a fonte luminosa.

Ponta Grossa em 1961 



OUTRO PANORAMA LÁ DOS ALTOS DA SANTA CASA. ESSE É DO FOTÓGRAFO FREDERICO LANGE E FOI FEITO NA PRIMEIRA DÉCADA DO SÉCULO XX.  Lange (sobre quem saiu recentemente um precioso livro recheado de belas imagens) lançou uma série de fotos em cartões postais, enriquecendo a iconografia princesina.  

Ponta Grossa, em torno de 1910


MAIS DOIS POSTAIS DE FREDERICO LANGE, início do século XX 

Ponta Grossa, em foto de Frederico Lange

Ponta Grossa, Rua XV, foto de Frederico Lange


LINDO CARTÃO POSTAL COLORIDO MOSTRANDO A AVENIDA VICENTE MACHADO QUANDO AINDA TINHA UMA COLUNA CENTRAL DE BELAS ÁRVORES. 




LARGO ONDE HOJE FICA A PRAÇA BARÃO DE GUARAÚNA, NO INÍCIO DO´SÉCULO XX
Ponta Grossa, o largo da Igreja dos Polacos, hoje Praça Barão de Guaraúna, no início do século XX. Foto de Lange


FORMIDÁVEL TOMADA DO BULÍCIO NA PRAÇA JOÃO PESSOA, COM OS CARROÇÕES DOS COLONOS EM DIA DE FESTA. MAIS PARA CIMA SE VÊ A AVENIDA FERNANDES PINHEIRO.

Ponta Grossa, praça da Estação. Em cima, a rua Fernandes Pinheiro

O CORSO CARNAVALESCO EM TODA A SUA GLÓRIA, COM OS CARROS ENFEITADOS, CONFETES, SERPENTINAS E OS BLOCOS DE FOLIÕES.

Ponta Grossa, o corso carnavalesco


LINDA FOTO DE FREDERICO LANGE MOSTRANDO A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA SEIS ANOS APÓS SUA INAUGURAÇÃO, 1907.  

A Estação Ferroviária de Ponta Grossa em 1907 Foto de Lange


NESTA PANORÂMICA, DE 1901, A CATEDRAL ESTAVA EM CONSTRUÇÃO. ELA SERIA INAUGURADA NO NATAL DE 1902, COM MISSA FESTIVA.  LOCALIZEI HÁ TEMPOS A PARTITURA DA OBRA QUE FOI APRESENTADA NESSA DATA SOLENE, UMA MISSA "DE SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA" PARA INSTRUMENTOS DE SOPRO E CORO A QUATRO VOZES.  

Panorama de Ponta Grossa, em 1901

A RUA AUGUSTO RIBAS JÁ FOI ASSIM...


Ponta Grossa, rua Augusto Ribas

A PRAÇA BARÃO DO RIO BRANCO EM DIA DE PASSEATA. A FOTO FOI BATIDA DAS JANELAS DO COLEGIO REGENTE FEIJÓ.  BEM À DIREITA SE VÊ O PREDIO DA MAÇONARIA.  DÉCADA DE 20

Ponta Grossa, Praça Barão do Rio Branco, anos 20


FOTO DO CORSO CARNAVALESCO EM 1910 

Ponta Grossa, carnaval de 1910







PANORAMA DA CIDADE PR VOLTA DE 1940


Ponta Grossa, panorama lá por 1940

CARTÃO POSTAL MOSTRANDO A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA VISTA DE DENTRO, NO MOMENTO DA CHEGADA DE UMA COMPOSIÇÃO. EM TORNO DE 1915


Ponta Grossa, estação ferroviária vista de dentro, 1915


A MESMA POSIÇÃO DO FOTÓGRAFO DA IMAGEM ANTERIOR, ALGUNS ANOS ANTES.

Ponta Grossa, a estação em 1909


O ANTIGO LARGO DO MERCADO

POnta Grossa em postal do início do século XX, Largo do Mercado  


A BELA CATEDRAL ANTIGA EM TODA SUA MAGNIFICÊNCIA


A velha catedral de Ponta Grossa

UMA FOTO RARA, A RUA DEZENOVE DE DEZEMBRO EM 1972, EM FOTO DESTE ESCRIBA. à esquerda vemos a residência da Senhora Mariquinha Bach Guzzoni, minha avó. À direita o prédio da fundição do sr. Alfredo  Perli. Lá em baixo o Mercado Municipal, na época em seu apogeu. Antes dessa construção naquela baixada ficava o famoso "buraco quente", na verdade um  lixão onde a cidade toda jogava suas porcarias. Cansei de brincar por ali quando menino. Com a construção do mercado, o local foi saneado. Ah, sim, o fusca era do meu colega de Banco do Brasil, João Alberto Bührer. A gente ia e voltava de São Mateus do Sul nos finais de semana, onde trabalhávamos.  

DETALHE ROMÂNTICO.  LÁ EM CIMA, BEM NO ALTO, NA ESQUINA DA 19 DE DEZEMBRO COM FRANCISCO BURZIO, MORAVA A FAMÍLIA ROUGER MIGUEL VARGAS, E AQUELA QUE IRIA SER MINHA ESPOSA, A VALÉRIA.  NESSA ÉPOCA AINDA NÃO NOS CONHECÍAMOS, MAS DALI A DOIS ANOS EU DESCOBRIRIA AQUELA MENINA SAPECA QUE ROUBARIA MEU CORAÇÃO...


Ponta Grossa, rua 19 de dezembro em 1972 


CARTÃO POSTAL COM BELÍSSIMO PANORAMA LÁ DE UVARANAS, TIRADO LÁ DO ALTO DA TORRE DA IGREJINHA. VÊ-SE A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA EM TODA A SUA EXTENSÃO. UM DOCUMENTO.


Ponta Grossa, panorama visto da torre da igrejinha de Uvaranas

MAIS DOIS POSTAIS DE FREDERICO LANGE, DO INÍCIO DO SÉC XX


Ponta Grossa, postal com foto de Frederico Lange

Ponta Grossa no ínicio do século XX, O Largo é onde fica hoje a praça Barão de Guaraúna

A AVENIDA VICENTE MACHADO EM FOTO DOS ANOS 40

POnta Grossa lá por 1940


O PRÉDIO DA ANTIGA PREFEITURA MUNICIPAL, NA RUA DR. COLARES ESQUINA COM ENGENHEIRO SCHAMBER

Ponta Grossa, a antiga prefeitura


MAIS UMA PANORÂMICA TIRADA LÁ DOS ALTOS DA SANTA CASA 

Panorama de Ponta Grossa dos altos da Santa Casa


NESTE POSTAL, POSSIVELMENTE DE 1960, 1961, VÊ-SE A NOSSA BELA CATEDRAL. EMBAIXO VEMOS UM PEDACINHO DO CLUBE PONTAGROSSENSE

Ponta Grossa, a velha catedral



A PRINCIPAL ARTERIA DA CIDADE, COM AS ÁRVORES DEVIAMENTE PODADAS, FOTO TIRADA LÁ POR 1928.  QUEM FOI O PREFEITO QUE CORTOU ESSAS ÁRVORES ?

Ponta Grossa, a avenida Vicente Machado quando possuía árvores no canteiro central 


FOTO DE FREDERICO LANGE, TIRADA DE ONDE HOJE É A RUA ERMELINO DE LEÃO.  POSSIVELMENTE 1910 OU POUCO MAIS

Ponta Grossa em priscas eras, foto de Lange


DIA DE FESTA NA ESTAÇÃO. POSSIVELMENTE A CHEGADA DE UM GRANDE POLÍTICO.   GETÚLIO VARGAS ? 

dia de festa na estação de Ponta Grossa

MISSA DO CENTENÁRIO DA CIDADE, 1923... À ESQUERDA A IGREJA DO ROSÁRIO, COMO ERA.  EM 2023 ESPERO COMPARECER Á MISSA DO BICENTENÁRIO...

Missa do centenario de Ponta Grossa, 1923  


OLHA SÓ O NOSSO AEROPORTO, ANOS 50

aeroporto de Ponta Grossa nos bons tempos da Real...


A GARBOSA TROPA DO 13 RI EM DIA DE PARADA, 1938

a tropa do 13 RI em 1938

OS COLEGIAIS E AS TROPAS SE REUNIAM NOS ARREDORES DA PRAÇA DA ESTAÇÃO PARA SE CONCENTRAR ANTES DOS DESFILES. ESTE É DO DIA DA BANDEIRA.

Ponta Grossa em dia de parada


OLHA AÍ O DESFILE CÍVICO-MILITAR


a Capital Cívica do Paraná em dia de festa 


O HIPÓDROMO DE UVARANAS EM DIA DE GALA

O hipódromo de Ponta Grossa em dia de gala


O QUARTEL DO ENTÃO 13 RI


o quartel do 13 RI


A AVENIDA BALDUÍNO TAQUES

POnta Grossa, a avenida Balduíno Taques

A PRAÇA DA ESTAÇÃO, UM DOS CENTROS VITAIS DA URBE, EM 1927


Ponta Grosssa, a praça da Estação em 1927



A IGREJA DO ROSÁRIO ANTIGA E O COLEGIO REGENTE FEIJÓ

a antiga igreja do Rosário ao lado do Colégio Regente Feijó, em Ponta Grossa  

VISTA DA PRAÇA BARÃO DO RIO BRANCO ANTES DE SUA URBANIZAÇÃO NOS ANOS 30/40

Praça Barão do Rio Branco na Ponta Grossa dos anos 20


ESTAS FOTOS FORAM BATIDAS POR MIM, DIAS ANTES DA DEMOLIÇÃO DA VELHA CATEDRAL. POSSIVELMENTE OS ÚLTIMOS REGISTROS DO VELHO E SAUDOSO PRÉDIO.  QUE TAL DEMOLIR O BOLO DE NOIVA ATUAL E RECONSTRUIR A ANTIGA CATEDRAL NOS MÍNIMOS DETALHES ?  


A velha catedral de Ponta Grossa, foto de Paulo José da Costa

Ponta Grossa e sua velha catedral demolida, foto de Paulo José da Costa



a velha catedral de Ponta Grossa, foto de Paulo José da Costa



A CASA OSTERNACK. FOTOS QUE BATI ANTES DA DEMOLIÇÃO

detalhe do prédio dos Osternack pouco antes de vir abaixo. Foto de Paulo José da Costa

Ponta Grossa, edifício dos Osternack, foto de Paulo José da Costa

A casa Osternack, Ponta Grossa, foto de Paulo José da Costa

Detalhe da Casa Osternack, pouco antes da demolição. Foto de Paulo José da Costa



DETALHES DA PANORÂMICA DE FREDERICO LANGE, DE 1901










ESTA FOTO EU TIREI EM 1976, NA MESMA ÉPOCA EM QUE FILMEI A CIDADE, PELÍCULA QUE ESTÁ NO YOUTUBE (link abaixo)

Ponta Grossa em 1972, foto de Paulo José da Costa

FILME QUE FIZ EM 1976

MAIS DUAS PANORÂMICAS DE FREDERICO LANGE. 








Paulo José da Costa
compra e recebe doações de acervos de postais e fotos antigas, inclusive álbuns de família
para arquivo particular
Proteja a memória, ensine as crianças a amar as fotografias. 
41 88050624
paulodafigaro@hotmail.com
https://www.facebook.com/paulojose.dacosta

17 comments:

  1. Anonymous2:11 PM

    BRAVO,BRAVO,BRAVO, Eu nasci na rua Tenente Hinom Silva 330,e residi na minha infância no 356,aquela vizinhança foi o meu playground,eu fui o mais "moleque"da area, o Nadir era vizinho da sua Sra. Avó,e os "pias" Maneco que residia em cima da fundição dos Perli, os Carlos e Ruy(pequeno) Lazaroto de Oliveira,Fernado Puppi, Anor e Reinaldo Issa, Perilsom e Elsio Guilerme,Joarez Martins,os Campalholes,Baddy Cury,Luiz Moreira(Hotel Iguacu)enfim toda vizinhança a tambem trabalhei no Hotel David na Ferraria eu bombava o foles para manter o fogo,lembro de um velorio na casa de sua Sra Avó,enfim nos tivemos uma maravilhosa reduto para usufruir nossa INFANCIA.Parabéns,OBRIGADO Ruy(grande) Guilherrme Schueler. Em tempo lembro de uma Sra. que morava na casa de sua Sra .Avó que chamavam de KIKA

    ReplyDelete
  2. Olá, Ruy, A senhora Kika é minha mãe, falecida há um ano. O fole do tio Leopoldo Bach, o ferreiro, eu também puxei muitas vezes. Obrigado pelas lembranças. Um abraço aí.

    ReplyDelete
  3. Anonymous2:00 PM

    Paulo, você sabe em que ano a catedral de Ponta Grossa foi demolida?

    ReplyDelete
  4. SR.PAULO JOSÉ DA COSTA.

    PARABÉNS COM LOUVOR PELO SEU TRABALHO... IMPORTANTÍSSIMO... NASCI NA CIDADE DE PONTA GROSSA EM 1923. ( MIL NOVECENTOS E VINTE E TRÊS)

    COMO O SR. TRABALHOU MUITOS ANOS NO BANCO DO BRASIL, DEVE LEMBRAR DE MIM... SOU O CLIENTE MAIS ANTIGO DO BANCO DO BRASIL; MINHA CONTA É DE 21 DE NOVEMBRO DE 1941 ( 1941)
    TENHO MUITO CARINHO PELA MINHA QUERIDA CIDADE DE PONTA GROSSA PR, ONDE NASCI, SENDO O PRIMOGÊNITO DE 13 IRMÃOS, ONDE MEUS QUERIDOS E SAUDOSOS PAIS VIVERAM MUITOS ANOS E, FALECERAM... ESTÃO SEPULTADOS NO CEMITÉRIO SÃO JOSÉ....
    PAPAI, MAMÃE E DOIS IRMÃO MEUS, SÃO NOMES DE RUAS NA CIDADE DE PONTA GROSSA :- ( RUA ALCIDES DA SILVA ROCHA - NO JARDIM AMÉRICA); RUA LILITA NUNES ROCHA -NO JARDIM ALPHAVILLE); RUA NAEL NUNES ROCHA - NO JARDIM ALPHAVILLE ); RUA ALNARY NUNES ROCHA - NO JARDIM ALPHAVILLE .

    TENHO PRATICAMENTE VIVIDO, NOVENTA E DOIS ANOS NA QUERIDA CIDADE ONDE NASCI - PONTA GROSSA PR - APESAR DE TER TRABALHADO EM VÁRIOS ESTADOS DO BRASIL, DEVIDO MINHAS OBRIGAÇÕES NO EXÉRCITO BRASILEIRO, ONDE PASSEI PARA RESERVA DO EXÉRCITO NO ANO 1965...
    ESTOU DEIXANDO NA INTERNET - ONDE SEMPRE ESTOU - TUDO QUE TIVE DE PRESTAR, NA GRAÇA DE N.S.JESUS CRISTO, PARA COM MINHA QUERIDA CIDADE, JUNTO COM QUERIDOS COLEGAS COMPETENTES, E TAMBÉM, AMIGOS ESSENCIAIS SEMPRE PRESENTES.

    AGRADEÇO E PARABENIZO NOVAMENTE PELA SUA SAPIÊNCIA, INTELIGÊNCIA E AMOR PELA NOSSA CIDADE - PONTA GROSSA PR.

    BÊNÇÃOS DIVINAS.
    ABRAÇO FRATAERNO;
    HORÁCIO NUNES ROCHA E FAMÍLIA.

    “A graça do Senhor Jesus, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com vocês.” (II Cor. 13. 14)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigado Horácio, demorei para ver sua mensagem. Obrigado pela força, pelo reconhecimento e pelo carinho.

      Delete
  5. Anonymous12:57 PM

    PARAAAAABÉNS.

    ReplyDelete
  6. Parabéns pelo seu trabalho em reviver nossa cidade que muitos não conheceram há anos atras ,fiquei muito feliz em ver estas fotos!! Obrigado

    ReplyDelete
  7. Anonymous12:14 PM

    Parabéns pelo trabalho, demonstra muito esmero e capricho.
    Meu pai é de Ponta Grossa e morei aí até meados da década de setenta, quando viemos para São Paulo.
    De Ponta Grossa só tenho boas recordações do tempo que aí morei, em Uvaranas e Oficinas.
    Volto com frequência a cidade e vejo como ela muda e cresce, parecendo cada vez mais com o resto das cidades pelo país, não sei se é uma coisa boa para minhas memórias afetivas.
    Ao ver suas fotos olho fixamente para ver se vejo nas imagens meu vô e seu carroção, saindo lá do Taboleiro, entre Papagaios Novos e Guaragi, para comprar e vender na cidade. Meu pai ia aboletado na carroça e ficava abismado com a diferença das coisas da cidade, assim ele me contava.
    Festas, caçadas, churrascos, atoleiros, gente falando alto na hora das refeições, piazada correndo no mato, tudo é passado.
    Jose Ricardo Ribas, Paulínia-SP.

    ReplyDelete
  8. OTIMAS FOTOS , GOSTEI MUITO , QDO TIVER OUTRAS , POSTA MAIS !!!
    VALEUUU

    ReplyDelete
  9. fotos raras. muito bom o seu blog
    'piá de bosta" muitas destas fotos não é da minha época, mas conheci alí na benjamin constant os carroções e o bebedouro dos cavalos, pois quando eu era "piá" passava por alí com meu avô que era ferroviário e íamos fazer compras no esperidião e eu o acompanhava até o 26 de outubro pçara consulta com o Finado Dr. Antonio Saliba.
    Esta vida é curta e Passa tão rápido.

    ReplyDelete
  10. Sr. Paulo José da Costa, por favor, responda ao meu comentário.

    ReplyDelete
    Replies
    1. não encontrei comentário seu... o que seria ?

      Delete
  11. Boa tarde.... antes gostaria de parabenizá-lo pelas fotos e pelo trabalho. Estou usando-as para identificar o crescimento da cidade em meu trabalho na faculdade. Gostaria de saber qual vila está ao fundo da foto de 1976, onde aparece a antartica.
    Obrigado
    Pedro

    ReplyDelete
  12. Boa tarde!! muito bem feito o blog, com fotografias etc. PERGUNTO SE O SR. SABE ALGUMA COISA SOBRE O PORQUÊ DA DEMOLIÇÃO DA CATEDRAL ANTIGA. Pois esta nova realmente é de chorar. Ademais era uma catedral que não tinha nem mesmo 80 anos.. SABERIA ALGO SOBRE O BISPO GERALDO PELLANDA?

    ReplyDelete
  13. PARABENS, Paulo José da Costa!
    Localizei um bombachudo, que vou utilizar em meu trabalho "O PARANÁ DE BOMBACHAS".
    Seu trabalho é supimpa!

    ReplyDelete

seu comentário está em análise. Em breve será postado.